Anuncie sua empresa agora

Anuncie

GUIA DE EMPRESAS

Encontre empresas e locais para ajudar você em seu dia-a-dia

O quê
Onde?
PARA SEU NEGÓCIO ANUNCIE AGORA

Taubaté fecha mais de 300 vagas de empregos formais no comércio em 2019


Levantamento foi realizado com bases nos quatro primeiros meses do ano pelo Sincovat

Imagem de Taubaté fecha mais de 300 vagas de empregos formais no comércio em 2019 Supermercado foi o setor que mais fechou vagas de empregos em Taubaté (Foto: Divulgação/Sincovat )
Publicado em 11/06/2019 17h39
por redação/ Guia Taubaté

Entre os meses de janeiro e abril deste ano foram fechadas 355 vagas de empregos formais no comércio de Taubaté. O levantamento foi realizado pela Sincovat (Sindicato do Comércio Varejista de Taubaté e região).

De acordo com o sindicato, o setor que mais perdeu oportunidades foi o de supermercados, com 156 empregados demitidos. Logo em seguida vem as lojas de vestuário, tecidos e calçados com 101 vagas fechadas.

Ainda seguindo os dados do Sincovat, o desempenho no primeiro quadrimestre de 2019 foi pior que o resultado do mesmo período do ano passado. O presidente do Sincovat e vice-presidente da FecomercioSP, Dan Guinsburg, acredita que o problema está no baixo crescimento da economia do país.

Apesar do balanço negativo, o Sindicato do Comércio Varejista acredita que os meses de maio, junho e agosto devem demonstrar um crescimento em relação aos mesmos período de 2018, já que no ano passado o país passou pela greve dos caminhoneiros, que impactou de forma negativa o mercado de trabalho, principalmente o comércio. Assim, os saldos devem ser positivos, mas ainda não haverá a recuperação total das vagas perdidas em anos anteriores.

O mercado de trabalho do comércio varejista de Taubaté é formado por 14.009 vínculos formais, sendo que os supermercados correspondem por 32% do total de empregos.

 

 

espaço publicitário do Guia de Empresas
JTR Serralheria e Estruturas
SERRALHERIAS

JTR Serralheria e Estruturas

Sua ideia transformada em realidade!

(12) 3413-6...

Comentários

Utilize o Facebook para comentar a notícia