Anuncie sua empresa agora

Anuncie

GUIA DE EMPRESAS

Encontre empresas e locais para ajudar você em seu dia-a-dia

O quê
Onde?
PARA SEU NEGÓCIO ANUNCIE AGORA

Caçapava decreta situação de emergência após 341 casos de dengue


Bairros mais afetados pela doença são Nova Caçapava, Vila Antônio e Vila Santos

Imagem de Caçapava decreta situação de emergência após 341 casos de dengue Decreto de emergência tem vigência de 90 dias em Caçapava (Foto: Divulgação/PMT)
Publicado em 11/06/2019 12h46
por Redação/ SpotVale

Após mais de 300 casos de dengue, a Prefeitura de Caçapava decretou situação de emergência na saúde pública do município. O decreto tem validade de 90 dias e auxilia o município a conseguir a verba necessária para as ações de combate ao mosquito Aedes Aegypti.

Segundo a prefeitura, foram confirmados 341 casos da doença na cidade durante este ano. O que caracteriza situação de epidemia, segundo as Diretrizes para Prevenção e Controle das Arboviroses Urbanas no Estado de São Paulo, para municípios com porte populacional de até 100 mil habitantes.

Os bairros mais atingidos pela Dengue em Caçapava são os Nova Caçapava, Vila Antônio Augusto e Vila Santos, onde está concentrada a maioria das ações de combate aos criadouros.

A gestão municipal ainda informou que com o decreto a Secretária de Saúde está autorizada a requisitar pessoal e equipamentos dos diversos órgãos para serem utilizados nas ações de combate, bem como oferecer tratamento médico adequado à população.

Por meio do decreto, o município também poderá remanejar recursos orçamentários, de modo imediato, para os pagamentos emergenciais apontados pela Secretaria de Saúde, visando a aquisição de bens, obras e serviços necessários ao êxito da erradicação dos focos do mosquito e tratamento das pessoas atingidas pela doença.

espaço publicitário do Guia de Empresas
C7M Construções
INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

C7M Construções

Empresa excelência em projetos elétricos, construções, projetos estruturais e serviços elétricos...

(12) 99109-...

Comentários

Utilize o Facebook para comentar a notícia